Tradução do Catecismo Maior de Westminster / Questão 158

por Ewerton B. Tokashiki

 

Tradução do texto latino[1]

  1. A quibus praedicari debet verbum Dei?[2] [Por quem a palavra de Deus deve ser pregada?]
  2. Verbum Dei ab iis solis praedicari debet qui donis sufficienter instructi sunt, atque insuper debite ad id officii aprobati vocatique. [A palavra de Deus somente deve ser pregada por quem possuí os suficientes dons para instruir, devendo ser chamado e aprovado para este ofício].

 

Tradução do texto inglês de 1658[3]

Question. 158. By whom is the word of God to he preached?

Answer. The Word of God is to be preached only by such as are sufficiently gifted and also duly approved and called to that office.[4]

Question. 158. By whom is the word of God to be preached?[5]

Answer. The word of God is to be preached only by such as are sufficiently gifted [1Tm 3.2, 6; Ef 4.8, 9-11; Os 4.6; Ml 2.7; 2Co 3.6] and also duly approved and called to that office. [Jr 14.15; Rm 10.15; Hb 5.4; 1Co 12.28-29; 1Tm 3.10; 1Tm 4.14; 1Tm 5.22]

 

Texto publicado pela Editora Cultura Cristã

Pergunta 158. Quem tem permissão para pregar a Palavra de Deus?[6]

Resposta. A Palavra de Deus deve ser pregada somente por aqueles que têm dons suficientes [1Tm 3.2, 6; 2Tm 2.2; Ml 2.7] e são devidamente aprovados e chamados para o ministério. [Rm 10.15; 1Co 12.28-29; 1Tm 4.14].

 

COMPARAÇÃO DOS TEXTOS-PROVA

CMW – ECC: 1Tm 3.2, 6; 2Tm 2.2; Ml 2.7; Rm 10.15; 1Co 12.28-29; 1Tm 4.14.

1 Tm 3.2, 6: É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, moderado, sensato, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar; … que o bispo não seja recém-convertido, para não acontecer que fique cheio de orgulho e incorra na condenação do diabo.

Ef 4.8, 9-11: Por isso diz: “Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens.” Ora, o que quer dizer “ele subiu”, senão que também havia descido até as regiões inferiores da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres.

Os 4.6: O meu povo está sendo destruído, pois lhe falta o conhecimento. Pelo fato de vocês, sacerdotes, rejeitarem o conhecimento, também eu os rejeitarei, para que não sejam mais sacerdotes diante de mim; visto que se esqueceram da lei do seu Deus, também eu me esquecerei dos seus filhos.”

Ml 2.7: Porque os lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e da sua boca todos devem buscar a instrução, porque ele é mensageiro do SENHOR dos Exércitos.

2Co 3.6: O qual nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.

 

CMW – Original: 1Tm 3.2, 6; Ef 4.8, 9-11; Os 4.6; Ml 2.7; 2Co 3.6; Jr 14.15; Rm 10.15; Hb 5.4; 1Co 12.28-29; 1Tm 3.10; 1Tm 4.14; 1Tm 5.22.

Jr 14.15: Portanto, assim diz o SENHOR a respeito dos profetas que, profetizando em meu nome, sem que eu os tenha mandado, dizem que não haverá guerra nem fome nesta terra: Esses profetas serão consumidos pela guerra e pela fome.

Rm 10.15: E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!”

Hb 5.4: E ninguém toma esta honra para si mesmo, a não ser quando chamado por Deus, como aconteceu com Arão.

1Co 12.28-29: A uns Deus estabeleceu na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois, operadores de milagres; depois, os que têm dons de curar, ou de ajudar, ou de administrar, ou de falar em variedade de línguas. Será que são todos apóstolos? Será que são todos profetas? Será que são todos mestres? São todos operadores de milagres?

1Tm 3.10: Também estes devem ser primeiramente experimentados; e, caso se mostrem irrepreensíveis, que exerçam o diaconato.

1Tm 4.14: Não seja negligente para com o dom que você recebeu, o qual lhe foi dado mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério.

1Tm 5.22: Não tenha pressa para impor as mãos sobre alguém. Não seja cúmplice dos pecados dos outros. Conserve-se puro.

Observa-se que há um número maior de textos-prova na edição original do que na que é publicada pela Editora Cultura Cristã.

 

NOTAS:

[1] Deve-se observar que se produziu um texto latino produzido para tornar acessível aos visitantes estrangeiros que não soubessem ler inglês.

[2] http://gdsmedia.org/wp-content/content/downloads/2011/06/The_Westminster_Larger_Catechism-Latin.pdf Acessado em 24/01/2018.

[3] The Humble Advice of The Assembly of Divines, Now by Authority of Parliament fitting at Westminster, Concerning a Larger Catechism Presented by them lately to both Houses of Parliament: with the Proofs thereof at large out of the Scriptures (London, S. Griffin for the Company of Stationers, and Rothwel, 1658), pp. 243-244.

[4] Office: “uma posição ou cargo na igreja, especialmente de caráter público, a que certas tarefas estão obrigados; um cargo de confiança, autoridade ou serviço na igreja.” Chad Van Dixhoorn, “Glossary”: office, in: The Minutes and Papers of the Westminster Assembly 1643-1652 – Introduction (London, Oxford University Press, 2012), vol. 1, p. 237.

[5] Cópia do original de 1647 por The Larger Catechism of the Westminster Assembly – with Scripture references (Glasgow, Free Presbyterian Publications, 2001), p. 36.

[6] Símbolos de Fé de Westminster – Confissão de Fé, Catecismo Maior e Breve Catecismo (São Paulo, Editora Cultura Cristã, 2ª edição, 2016), p. 198.

Comments