O ofício de presbítero

por Geerhardus Vos   Chegamos aos ofícios ordinários. Aqui diferentes questões devem ser discutidas: (a) A relação que os ofícios de ancião (presbítero) e bispo ou superintendente (episkopos) mantêm um com o outro, e se é um e o mesmo ofício. (b) A relação em qual o ofício de pastor (poimēn) é nos dois mencionados […]

Dois ofícios (presbíteros/bispos e diáconos) e duas ordens de presbíteros (presbíteros pregadores/docentes e presbíteros regentes): um estudo no Novo Testamento

por George W Knight, III[1]   Jesus Cristo é Senhor e Cabeça da igreja, que é o seu corpo. Ele governa a igreja por sua Palavra e Espírito. Através da obra do Espírito, ele concede aos homens da igreja que sejam oficiais para equipar os crentes para o serviço, para que a igreja sirva mais […]

Democracia e difamação do ofício – Parte 2

por Gregory E. Reynolds   A Restauração do Ofício Eclesiástico Nenhuma doutrina pode ser devidamente restaurada na mentalidade da igreja sem uma definição cuidadosa. A concepção do tríplice ofício não é exceção. As distinções feitas no debate do século XIX são úteis para focalizamos na definição. Na verdade, foi a falta de distinções adequadas que […]

A natureza, limites e lugar das exceções e escrúpulos na subscrição aos nossos Padrões Doutrinários

por Gregory E. Reynolds[1]   O ESTADO DA QUESTÃO (statis questionis) [2] A segunda pergunta de ordenação no Book of Church Order of the Orthodox Presbyterian Church (Form of Government [FG] 13.9) questiona: “Você recebe e adota, sinceramente, a Confissão de Fé e os Catecismos, desta Igreja (Orthodox Presbyterian), como contendo o sistema de doutrina […]

Jesus acerca do divórcio: como minha mente mudou

por William A. Heth   William A. Heth é professor de Novo Testamento e grego na Universidade de Taylor e atua como docente em Taylor desde 1986. O Dr. Heth escreveu extensivamente sobre a questão do divórcio e do novo casamento. Ele é coautor com Gordon Wenham Jesus and Divorce. Uma segunda edição deste trabalho […]

Honestidade e honra denominacional

por William G.T. Shedd   A honestidade é tão importante na teologia como nos negócios e no comércio, numa denominação religiosa como em um partido político. A honestidade confessional consiste, em primeiro lugar, em uma clara e inequívoca declaração de uma Igreja acerca de sua crença doutrinária; e, segundo, numa adoção inequívoca e sincera por parte […]