an

Rev. Anderson de Abreu – Pastor em Itajubá – MG

“O JMC foi marcante para mim em 3 aspectos fundamentais: “teologia pastoral”, “incentivo evangelístico” e na “fiel interpretação da Bíblia”. Decidi estudar no JMC por escolha própria devido ao nível dos professores e oportunidade de ouvir grandes palestrantes em São Paulo/SP. Embora muitos me tivessem dito que eu iria encontrar um seminário mais focado na teologia e academicismo, na realidade eu percebi uma grande ênfase na “teologia pastoral” com vários pastores experientes que realmente estavam envolvidos com o cuidado pastoral do rebanho de Cristo. Isso pode ser constatado no fato de que o JMC sempre foi muito bem avaliado na área pastoral. Além disso, ao contrário do que muitos acham, devido a boatos infundados, o JMC não só incentiva “evangelismo e missões”, como toma medidas práticas para isso. Durante meus estudos participei da Capelania Hospitalar através de uma parceria entre o JMC e a ACEH (Associação de Capelania Evangélica Hospitalar) e tive um inestimável privilégio de aprender com a irmã Capelã Eleny Vassão. Além da Capelania, o JMC foi pioneiro ao enviar seus alunos para viagens missionárias e evangelismo de rua – experiências incalculáveis. A terceira área de destaque, e a mais fundamental, foi a “exegese e interpretação bíblica”. Deixo essa por último não porque seja menos importante, mas porque é fundamental para as outras duas. O aluno sério que realmente deseja conhecer a Palavra de Deus, pregá-la e aplicá-la fielmente à vida de outras pessoas estará muito bem servido no JMC. Essa “Casa de Profetas” tem uma genuína preocupação com uma exegese cuidadosa da Palavra da Vida. Sem uma cuidadosa interpretação e aplicação da Palavra, tudo que for construído sobre esse fundamento seria vão. O JMC tem a preocupação de fundamentar a prática pastoral e evangelística sobre o fundamento da interpretação fiel da Palavra de Deus. Se você deseja isso, sinceramente, o JMC é a casa que você procura.”