Resumo cronológico do Sínodo de Dort

Nota introdutória do tradutor

Neste ano comemora-se os 400 anos do Sínodo de Dort. A Igreja Reformada do Brasil em cooperação com o Sínodo da Igreja Reformada do Canadá estará celebrando esta data tão importante. Algumas igrejas locais da Igreja Presbiteriana do Brasil também estabeleceram acordo de cooperação com a IRB a fim de participar desta comemoração. Segue um resumo cronológico dos eventos que antecederam este histórico sínodo.

 

1517 – Lutero fixa as suas teses na porta de Wittenberg (31 de Outubro)

1519 – Conde Edzard inicia a Reforma na Frilândia Oriental

1520 – Carlos V torna o governador dos Países Baixos

1522 – A Bíblia de Lutero é publicada

1523 – Os primeiros mártires em Bruxelas, no sudeste dos Países Baixos

1525 – Os primeiros mártires em Hague, no noroeste dos Países Baixos

1526 – A Bíblia Liesveldt é publicada em Antuérpia

1527 – Inicia o movimento Anabatista nos Países Baixos

1534 – A revolta Anabatista em Münster (Westphalia), Alemanha

1536 – Calvino vai para Genebra

1544 – Pierre Bruly torna no primeiro pregador reformado nos Países Baixos

1550 – Refugiados reformados organizam uma congregação em Londres, Inglaterra

1555 – Ascensão de Felipe II ao soberano dos Países Baixos

1559 – Tratado de Cateau-Cambrésis, findando o conflito entre Espanha e França.

A edição final das Institutas de Calvino

Organização da Academia de Genebra

Criação de bispados nos Países Baixos

1561 – Confissão Belga aprovada

1563 – Catecismo de Heidelberg publicado

1566 – Dathenus publica a sua liturgia, saltério e tradução do Catecismo de Heidelberg

1567 – Duque de Alba vai para os Países Baixos

Guido de Brés e Grange são martirizados por causa de sua fé em Valenciennes

1568 – Interrupção da Guerra de Oito Anos

Convento de Wesel preparatório para a assembleia geral das igrejas holandesas

1571 – Reunião do Sínodo de Emden

1572 – Captura de Brielle, tornando o ponto de guerra do nordeste dos Países Baixos

1573 – Guillherme de Orange professa publicamente a fé reformada

1574 – Organiza a Universidade de Leiden

1576 – Pacificação de Ghent

1579 – União de Utrecht

1581 – Reunião do Sínodo de Middelbrug

Rejeição de Felipe II como soberano das províncias unidas do nordeste dos Países Baixos

Arminius nomeado como professor em Leiden

1584 – Guilherme de Orange assassinado por Balthazar Gerard

1585 – Leicester, como representante da Rainha Elizabete, torna-se governador geral dos Países Baixos

1586 – Reunião do Sínodo de Hague

1591 – Uytenbogaert torna-se pastor da congregação de Walloon em Hague

1594 – Gomarus indicado como professor em Leiden

1598 – Vitória naval da Holanda em Nieupoort

Primeiros esforços missionários pelos reformados

1602 – Os holandeses organizam a Companhia Oriental das Índias

Pestilência em Leiden

1607 – Escrito o Catecismo de Gouda

1609 – Tratado de Paz dos Doze Anos entre a Espanha e os Países Baixos

Arminius morre

1610 – A Remonstrância é redigida

1611 – Conferência em Hague

Contra-Remonstrância é redigida

1613 – Conferência de Delft

1614 – Grotius prepara a sua “Resolução para a Paz nas Igrejas”

1617 – “Resolução Severa” de Oldenbarnevelt entregue pelo Príncipe dos Estados Gerais Maurício que adere aos Reformados

1618 – Abertura do Sínodo de Dort (13 de Novembro)

1619 – Os Estados Gerais autoriza o Sínodo agir como um tribunal eclesiástico para resolver a controvérsia Arminiana (1 de Janeiro)

Demissão dos arminianos do Sínodo (14 de Janeiro)

Adoção dos Cânones (23 de Abril)

Sessão de encerramento do Sínodo (29 de Maio)

 

Extraído de Peter Y. De Jong, ed., Crisis in the Reformed Churches – Essays in Commemoration of the Great Synod of Dort 1618-1619 (Granville, Reformed Fellowship, Inc., 2008), pp. 233-234.

Traduzido por Ewerton B. Tokashiki

Comments